top of page
Buscar
  • Foto do escritorAntonio Mário Bastos

Juras de Amor

Atualizado: 13 de out. de 2023

Era um 8 de dezembro. Festa da Padroeira da comunidade.

No meio da praça tinha um coreto - não tinha a pedra de Drummond - onde casais se encontravam para alguns amassos e declarações de amor eterno.

Biano encontra Zumira, por acaso, no adro da Igreja Matriz e lhe dá um leve sinal com aquele manjado olhar pidão.

Eles seguem, lado a lado, sem mãos dadas, em direção ao coreto.

Era a oportunidade perfeita de falarem de amor, mesmo que no meio de e entre muitos outros enamorados.


Um xêro no cangote, um abracinho despretensioso; um larga e arrocha, um abraço mais demorado, uma carícia mais íntima, tudo nos conformes de dois pombinhos apaixonados.

Promessas de amor, de fidelidade, de felicidade, de castidade (ambos), até mesmo de viverem para sempre "até que a morte os separe" - bordão clássico do vigário do lugar.

Missa festiva terminada. Igreja fechada para dar início à quermesse e leilões.

Fiéis voltando pros seus ranchos, meninos chorando, velhos cansados, beatas rezando, malandros cantando, banda de pífanos tocando, todos focados nos seus objetivos.

Lá pelas tantas, o sol escondido, a lua querendo aparecer, formigueiro de gente pra lá e pra cá, Zumira livra-se, de inopino, do abraço arrochado de Biano e candidamente lhe põe uma pergunta que a resposta seria balizadora do dali pra frente:

- Biano, meu fio, tu gosta d'eu?!

- Oxente Zumira, minha nega, tá se gosto!

E Zumira, meio que desconfiada do gostar de Biano, responde na lata:

- Tó, tu gosta é bufa!

Não se tem notícias se Biano e Zumira perfizeram o caminho do amor ensaiado naquela noite festiva. Mas que ela foi extremamente sincera foi.

Fotografias associadas: obtidas do acervo de José Oliveira

Tonho Do Paiaia
Celebrando o Dia Internacional do Escritor Imbassaí (Linha Verde), 13 de outubro de 2020

56 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Mulher

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
ygor.coelho
Oct 14, 2023
Rated 5 out of 5 stars.

Parabéns, meu caro escritor. Ao ler, eu me senti caminhando na praça de sua cidade.

E o melhor, não como um velho cansado, me senti vigoroso, em busca de uma beata para ir com ela ao coreto!

Amei a escrita! Abração!

Like

cscantador
Oct 14, 2023
Rated 5 out of 5 stars.

Todavia. No encanto da essencia das 🌹os nomes mais doces ornam o existir de cada uma. Revelando o bom gosto e o sentimento agucado de sensibilidade. Parabéns.


Carlos Silva

Like
bottom of page